Seja um dirigente

O cidadão brasileiro, em pleno gozo de seus direitos políticos, poderá pleitear a formação de um diretório da Aliança Progressista em sua base de atuação política, observando as regras gerais estabelecidas pelo Manual de Diretórios.

O pleiteante estará de acordo com todas as premissas, e representará formalmente a Aliança Progressista nas ações cívico-politicas, de maneira integralmente solidária e sem remuneração.

Observe algumas questões liminares a seguir, caso haja alinhamento entre o seu desejo de atuar politicamente e nossas diretrizes, será um prazer tê-lo como um multiplicador dessa batalha.

Precedentes formais e ideológicos

A realização das atividades políticas se dará mediante o cumprimento dos ritos formais necessários a tal empenho. A indicação de um presidente estadual e municipal, bem como a regularização formal via estatuto têm o condão de permitir o reconhecimento do respectivo movimentos, municipal e estadual, perante os agentes públicos e privados que irá lidar.

 

Terá também o inegável papel transformador da investidura – posto que diante de uma diretoria instituída, tal grupo deverá ser conduzido com sobriedade, inteligência e responsabilidade – convertendo o agente político individual que outrora militava solitário na internet em um ator político real em seu estado e municipalidade. Outro ponto fundamental é que a Aliança Progressista adotará oficialmente dois critérios de ordem ideológica visando a manutenção do ideário progressista.

São eles a proibição de coordenadores municipais e estaduais filiados a partidos de direita e liberais, e conhecimento prévio acerca da doutrina progressista e de seus autores. Obedecendo tais critérios básicos – que serão temas fundamentais da avaliação do pleiteante a um diretório da Aliança Progressista – poderemos partir para a organização formal do mesmo.

Vinculação partidária: Regras

A Aliança Progressista não possui relação de dependência e subordinação com partido político algum, agindo de forma livre e independente para a plena consecução de seus objetivos. Assim, sendo, pelo caráter absolutamente político deste movimento, estabelece-se as seguintes regras acerca da vinculação partidária aos diferentes perfis de membros do grupo:

Presidente: Caso seja filiado a partidos considerados “neutros” (MDB, PV, CIDADANIA, PROS, PP, PSD), deverá apresentar justificativa para a manutenção de sua filiação – baseada, principalmente, em argumentos eleitorais e estratégicos.

Diretores: Os diretores vêm a ser aqueles que pertencem a diretoria da Diretório Estadual e Municipal. Eles poderão possuir filiação a partidos considerados “neutros”, não podendo haver, porém, mais que um por partido. Dá-se preferência a membros efetivos desfiliados ou filiados aos partidos, REDE, PSB, PDT, PSOL, PCB, PCdoB, PSTU, PCO, PT, e os demais citados no exemplo do Presidente.

Filiados: Podem possuir filiação a partidos diversos, excluindo-se as seguintes siglas de direita (PSL, PSDB, PRB, PRP, DEM, PTdoB, PRTB).

O descumprimento a tais regras acarretará na cassação do coordenador municipal, e, em casos extremos, no encerramento da filial.

Observadas estas regras e condições, caso queira ter acesso integral ao Manual de Filiais, você deverá entrar em contato pelo email contato@aliancaprogressista.org, com o assunto constituição de filial, e esperar o retorno da executiva nacional. 

Nós precisamos da sua ajuda!

MAP Logo 3.fw.png

A Aliança Progressista é uma iniciativa da sociedade civil privada, com representatividade social, sem fins lucrativos.  

Email contato@aliancaprogressista.org

Facebook.com/aliancaprog

Instagram.com/aliancaprog

Twitter.com/aliancaprog

Logo Prgressive Alliance.png

A Aliança Progressista é aderente as pautas da Progressive Alliance International.

Seja MAP

A Aliança Progressista é aderente as pautas da Organização das Nações Unidas.

© 2021 por Aliança Progressista   |  Termos de Usos   e  Política de Privacidade

  • Facebook MAP
  • MAP Twitter
  • MAP YouTube
  • MAP Instagram
  • Aliança Telegram
  • Aliança WhatsApp